Ponto Vermelho
Entusiasmo, euforia, ou as duas coisas?
27 de Abril de 2016
Partilhar no Facebook

1. O rápido aproximar das decisões finais das provas e do campeonato para os competidores com possibilidades de o conseguirem alcançar, faz fervilhar um sentimento onde se mistura o nervosismo, a emoção, a expectativa, o entusiasmo e a euforia, consoante os lados da barricada onde se situem os adeptos. Impera pois uma normalidade diferente porquanto já nem todas as memórias registam o status quo onde o Sporting, finalmente, e depois de tantos anos, para além de fazer juz à sua história, se posicionou como verdadeiro candidato, fruto de um conjunto de circunstâncias que ultrapassaram em muito, as fanfarronices do mestre da táctica.

2. Não deixam de ser curiosas as nuances observadas. Uma primeira projecção dava o FC Porto como tendo o melhor plantel e por isso o principal candidato até por estar arredado do título há duas temporadas, numa segunda fase o Sporting que investiu fortemente (ou não fosse Jorge Jesus o treinador…) e até determinada altura pareceu dar mostras que este ano é que era e, por último, o Benfica que tendo sido rapidamente arrumado no baú dos fracassos, como quem não quer a coisa…, foi recuperando terreno ao ponto de, neste momento, posicionar-se como primeiro aspirante ao ceptro maior.

3. Como é da praxe, abundam as discussões sobre o futebol praticado pelos candidatos, acerca da sorte ou do azar, e ainda sobre as inevitáveis arbitragens, nomeadamente sobre penalties não assinalados que o terão sido, dos que marcados foram forjados, das expulsões que deveriam ter acontecido, do contrário, enfim, uma panóplia de situações que foram sendo empoladas consoante os interesses clubistas localizados. Embora ainda faltem 3 jornadas, julgamos que a não ser que venha a acontecer uma surpresa ainda maior, a decisão e sobretudo a fraseologia justificativa do acórdão do Conselho de Disciplina sobre a ilibação de Slimani é já, sem favor, candidata ao prémio do maior ridículo da época futebolística não só em Portugal como em toda a Europa…

4. É claro que as tiradas tonitruantes de Jorge Jesus têm feito furor, uma recompensa para quem faz da afirmação pública um objectivo sempre presente. Há quem goste e quem disso recolha vantagens, mas analisando de uma forma fria e até distante, temos que reconhecer que essa estratégia comportamental de fraca substância teve o seu apogeu há décadas, e hoje tem que ser considerada como um retrocesso comunicacional muito embora propicie acaloradas discussões de café onde o populismo sobreleva a lógica, a razão e o bom senso. Mas, repetimos há quem se delicie com isso e faça questão de o sublinhar a cada passo.

5. De concreto temos que o campeonato está no auge. O facto de, segundo alguns, o Benfica continuar a resistir e dispôr de 2 pontos de avanço que se extinguirão num simples empate, faz com que sejam ensaiadas todas as estratégias tendentes a desalojá-lo dessa posição privilegiada. Nesse sentido, multiplicam-se os sublinhados à euforia dos encarnados e à analogia com uma situação algo parecida após a célebre vitória na Madeira e de que resultaria, como sabemos, no falhanço posterior do campeonato nessa temporada. Não o entendemos assim.

6. Embora em futebol tudo possa vir a acontecer, não vislumbramos comparações, desde logo porque a filosofia é a oposta começando pelo treinador. É facto que a nossa mentalidade bastas vezes auto-desfoca-se e acabamos por olhar demais para o lado em vez de nos concentrarmos em nós próprios. Dito de outra maneira, deverá ser sempre o conjunto a prevalecer sobre as individualidades e não o contrário, que se agrava se a expressão passar a ser um elogio constante no singular. O Benfica, depois de tudo o que fez até aqui, não pode desviar-se um milímetro do foco do jogo a jogo, sendo o próximo sempre o mais importante independentemente do adversário e da prova a disputar. Se assim continuar, estamos convictos de que atingiremos os objectivos ainda em disputa. Mesmo com a euforia dos adeptos que reputamos de importante dada a energia positiva que transmite para dentro do campo!








Bookmark and Share