Ponto Vermelho
Os crentes
19 de Outubro de 2013
Partilhar no Facebook

Numa sociedade cheia de vícios e de ídolos de pés de barro, é frequente termos que ouvir algumas manifestações públicas enaltecendo e rastejando perante algumas figuras rotuladas de excelsas que, fosse o Estado de Direito aplicável em toda a sua plenitude, e estariam há muito no sítio mais consonante com as suas façanhas… Assim não sendo, continuam a passear-se com todo o à vontade e a ostentar a sua inimputabilidade por este País de crentes, insultando a nossa inteligência e dando maior ênfase à expressão castradora do desenvolvimento e do progresso de todos nós.

São eles que determinam afinal o ritmo do jogo, mesmo que à custa de expedientes em saldo ou de perfeitas idiotices que a multidão de yes-men se apresta para ampliar e considerar como rasgos de génios. É afinal o país que permitimos que seja. Até quando, é que é a grande e definitiva questão. No entretanto, isso vai-se aplicando a todos os extratos dominantes da sociedade desde a política ao desporto, existindo abundantes exemplos dessa espécie que longe de estar em vias de extinção se renova e se multiplica todos os dias convicta que isto é um país de oportunidades. Agora ou nunca.

Nesse intrincado mundo de conspurcação, alguma imprensa, ou se quisermos alguns paineleiros,ocupam uma posição central porquanto são eles em primeira instância a contribuir para o círculo vicioso. Fabricam casos e pseudo-notícias desprovidas de qualquer interesse substantivo, correm a obter reacções aos antagonistas e, depois, exploram a situação num autêntico emaranhado verdadeiramente digno das pink pages. E como há sempre gente predisposta a dar guarida a essas patranhadas, o sucesso é garantido à custa da invencionice e da manipulação das consciências desprevenidas a quem cabe obviamente boa parte das responsabilidades.

Não é por acaso que o líder destacado dos pasquins em Portugal tem as tiragens que tem. Como também não é por acaso que o seu director se entretenha com acções démodés manipulando o artigo e falhando no essencial; a abordagem dentro de um enquadramento ajustado e equilibrado e manifestando a sua opinião dentro do contexto e da oportunidade. Porquanto quem vai jogar ao Dragão na próxima jornada é o Sporting de Bruno Carvalho e não o Benfica de Jorge Jesus… Apenas uma questão de mero pormenor que por acaso faz toda a diferença. No tempo e já agora no modo…

Mas há mais para considerar o artigo pífio e falho de oportunidade – a falta de rigor que levou, mesmo considerando o destempo, os considerandos a serem desequilibrados entre os dois protagonistas da estória. É que as premissas a partir das quais Pinto da Costa partiu para alegadamente ironizar (ficámos mais uma vez a saber que os disparates e as provocações também passaram a ter o epíteto de ironia), não foram mais nem menos do que a conclusão da opinião abalizada do especialista em direito desportivo José Manuel Meirim, que já em 29 de Setembro último em artigo publicado no diário desportivo A Bola definia e justificava o timing ora anunciado pelo presidente do FêCêPê cujas declarações foram catalogadas por alguma imprensa como ataque a Jorge Jesus.

Algumas núvens negras carregadas de preocupação pairam actualmente sobre o dragão com o futebol pouco convincente da equipa treinada por um Paulo Fonseca que rapidamente cedeu a sua personalidade àquela que é a personalidade oficial por aquelas bandas. Por isso, num momento em que a liderança do campeonato só é possível porque os apitadores profissionais continuam imperturbáveis nas suas decisões esmagadoramente favoráveis ao FC Porto, e numa altura em que já se vislumbra a antecâmara de um jogo que se prevê palpitante entre os ex-fiéis aliados com intensa troca de galhardetes ao mais alto nível, seria suposto que esta imprensa e estes plumitivos mestres na arte de especular, encontrassem mais motivação para divagar sobre matéria mais candente e não reeditando a despropósito velhas estórias que terão de novo o seu tempo. Provavelmente será porque o Querido Líder não conhece Bruno de Carvalho e por esse motivo tem enviado a sua guarda-avançada. Do que não temos dúvidas é que os próximos episódios vão ser interessantes…








Bookmark and Share