Ponto Vermelho
Um derby interessante
9 de Fevereiro de 2014
Partilhar no Facebook

Em termos de projecção estaremos porventura perante um dos derbies mais interessantes dos últimos anos. Sendo que derby é sempre derby, este pela actual situação das duas equipas pode vir a tornar-se empolgante se considerarmos que está em jogo a liderança e quiçá o empurrão final para o resto do campeonato. Assim as três equipas estejam predispostas e o tempo ajude face ao estado do relvado que não se encontra de facto nas melhores condições devido às sucessivas intempéries. Mas depois da ameaça de Penafiel que não se concretizou esperamos que não seja por aí que o jogo perca fluidez, dinâmica e interesse.

É lugar comum dizer-se que nestes jogos não existem favoritos. Mais uma vez estamos perante uma situação idêntica mas é inegável que neste momento o Benfica reune, em teoria, uma maior dose de favoritismo. Que terá de concretizar dentro do campo e para isso é necessário também que o Sporting esteja pelos ajustes. Ainda que seja um jogo importante por aquilo que pode representar para as duas equipas em termos de futuro imediato, não consideramos que seja de alguma forma decisivo. Mas a rivalidade secular entre as duas equipas faz com que ambas lutem sempre arduamente para alcançarem o objectivo de vencer o rival dada a atmosfera especial envolvente que sempre rodeia estes encontros.

O Benfica, se vencer, passará a dispor de uma vantagem significativa. Dirão as aves de mau agoiro que isso não significa grande coisa tendo em conta situações similares ocorridas nas duas últimas temporadas. Pois sim, factos são factos e não podem ser esquecidos. Mas nem isso pode passar a constituir um trauma para os Benfiquistas que não podem ficar agarrados a conjecturas e coincidências que realmente aconteceram mas são passado, devendo encarar o presente e o futuro de frente sem titubear ainda que conscientes de que para além dos êxitos pode haver também o reverso da medalha que obviamente não se deseja mas pode acontecer. O que não pode nem deve haver é lugar a pessimismos.

Tem sido justamente realçada a carreira inesperada que o Sporting tem feito esta época, no que se pode designar como um renascer das cinzas. Não tendo participado em qualquer prova europeia e estando já eliminado das duas Taças portuguesas, ainda assim é surpreendente a prestação que os verdes e brancos têm conseguido no presente campeonato, onde de alguma forma inesperada estão a ombrear com os dois principais rivais na luta pelo título e estando mesmo com vantagem pontual em relação aos portistas. Com este cenário nesta altura da época ninguém acredita que em Alvalade não se pense no título, muito embora esteja a haver a maior prudência nesse particular evitando assumi-lo publicamente. Mas, caso consiga obter um resultado que não seja a derrota, será doravante quase impossível protelar por mais tempo a referência pública a um objectivo que está à vista de toda a gente. Até dos seus adversários.

Nestas alturas os plumitivos gostam sempre de sublinhar a pressão a que irão estar sujeitos os clubes. Desta vez parece que o maior quinhão estará sem dúvida do lado leonino, tendo em conta que se sair derrotado alargar-se-á o fosso para 5 pontos o que em termos psicológicos pode ser muito frustrante sobretudo para uma equipa jovem como é o Sporting. Também por isso Leonardo Jardim enveredou pelos jogos florais pressionando a arbitragem na linha orientadora que tem seguido até aqui de não falar em aspectos de arbitragem, falando… Nada a que não estejamos já habituados, sendo que o contrário é que seria notícia.

Por seu turno o Benfica apesar de denotar um crescimento global tem contudo registado algumas intermitências exibicionais como foi o caso de Barcelos ainda que com algumas atenuantes devido ao deplorável estado do relvado. Mas não sendo o jogo de hoje decisivo é contudo muito importante; por ser um rival directo que luta pelo título e em particular pelo acréscimo psicológico que uma vitória pode trazer sobre um Sporting renovado que todavia já não nos parece tão bem e tão consistente como esteve sobretudo no primeiro troço da época. Mas nestes jogos os jogadores têm tendência a transcender-se e isso pode fazer a diferença. Seja como for estamos convictos que poderá vir a ser um bom jogo de futebol com todas as equipas a darem o seu melhor e que no final possamos comemorar mais uma vitória do Benfica.








Bookmark and Share