Ponto Vermelho
Momento importante
26 de Outubro de 2014
Partilhar no Facebook

1. Depois de um interregno de 3 semanas motivado pelos compromissos das diversas Selecções e da disputa da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, está de regresso o campeonato. Com ele aproxima-se um dos tais ciclos muito complicados a que o Benfica vai estar sujeito, sendo que a questão que se coloca no espírito de alguns opinadores que se estende a alguns adeptos benfiquistas é se, em condições absolutamente normais, a equipa estará apta a responder em pleno às exigências que não deixarão de lhe ser colocadas, uma vez que tem denotado algumas fraquezas em determinados jogos.

2. Esta interrogação poderá, entre outros factores, derivar do facto de segundo alguns opinadores o plantel estar menos apetrechado do que há um ano e, até ao momento, o Benfica não ter tido internamente desafios de grande complexidade, se exceptuarmos a recepção ao Sporting onde na circunstância os encarnados não foram mais além do que um empate. Estas ideias estribam-se ainda nas pouco conseguidas prestações na Liga dos Campeões o que afinal tem sido uma constante das últimas temporadas. A 8.ª jornada do campeonato constitui por todas essas alegadas condicionantes um ponto de interrogação em muitos espíritos que, assim o esperamos, no final se tenha transformado num enorme ponto de exclamação, sinónimo de que as interrogações associadas não tinham afinal razão de ser.

3. Sendo perfeitamente compreensível que todas as equipas iniciem as épocas sempre à procura dos melhores automatismos e consistência exibicional, por norma isso vai acontecendo gradualmente à medida que as épocas vão avançando. No Benfica tem sido assim nas últimas épocas com Jorge Jesus (se exceptuarmos talvez a 1.ª), em que o princípio costuma ser menos consistente e exuberante e, depois, verifica-se a confirmação do trilho exibicional pretendido, muito embora haja vozes que continuam a clamar que há quebra exibicional no último troço da época. São teses que se alicerçam em alguns resultados menos positivos, mas que não deixam de ser apenas opiniões.

4. Hoje, em Braga, sucede então o tal teste tão aguardado. Uma breve retrospectiva concede-nos que algo de substancial mudou nos últimos anos nos bracarenses. As maiores evidências vão naturalmente para o facto do SC Braga ter crescido e atingido patamares de desenvolvimento muito significativos desde que António Salvador dirige os seus destinos, o que tem significado um aumento importante na sua massa adepta que começou a viver mais fervorosamente o clube e as prestações da sua equipa que, entre outras, conquistou a Taça Intertoto e chegou à final da Liga Europa precisamente à custa do Benfica.

5. Como consequência dessas alterações significativas na estrutura bracarense para melhor, o Benfica tem experimentado dificuldades sempre que visita o Axa, o que se tem traduzido em jogos rijamente disputados e rodeados de alguma polémica com aspectos menos agradáveis e em que os encarnados têm registado alguns percalços. Assim sendo e até porque o próprio treinador encarnado conhece bem o meio-ambiente que se vive na Pedreira, para além de situações inesperadas que possam acontecer no campo desportivo, todas as outras componentes estarão devidamente escalpelizadas e preparado o antídoto mais eficaz para ultrapassar essas contrariedades.

6. Quer treinador quer jogadores sabem ao que vão e o que os espera, pelo que avisados certamente tudo farão para pôr em prática a táctica congeminada durante a semana para que os objectivos possam ser alcançados. Ninguém espera qualquer tipo de facilidades e a partir do apito inicial do árbitro há desde logo que evitar entrar mal no jogo, um factor circunstancial que pode vir a ter desenvolvimentos negativos para o resto do desafio. Depois, há que apagar a imagem deficiente deixada pelas exibições e resultados na Champions e, muito importante, não começar a esbanjar a preciosa vantagem adquirida contra o vaticínio de muitos e que pode dar um alento de grande intensidade para o futuro. Acreditamos que assim seja!








Bookmark and Share