Ponto Vermelho
Surpreendam-nos…
25 de Novembro de 2014
Partilhar no Facebook

Depois de um interregno do campeonato um pouco mais prolongado, eis de regresso e em força o futebol a pontos na sua versão clubista nas vertentes nacional e europeia. É verdade que já tivémos um cheirinho no passado fim de semana com a realização da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, mas as atenções dos adeptos estão concentradas no campeonato até porque já em meados de Dezembro iremos ter um escaldante FC Porto-Benfica que promete dar um abanão na prova e permitir um Natal mais descansado para um deles…

Mas entretanto, ainda que dependendo dos pontos vista, teremos hoje e amanhã nova sequência de jogos dos três grandes na principal prova uefeira dado que na Liga Europa e para já, vamos ficar sem representantes. As expectativas são portanto elevadas até porque se a situação de apuramento de Sporting e do Benfica em caso de vitória passa a estar razoavelmente encaminhada, o desaire pode atirar definitivamente ambos os clubes para posições irrecuperáveis. E isso não é nada bom para o futebol português que necessita de êxitos para reforçar a sua posição no tabuleiro europeu.

Com o FC Porto a enfrentar uma posição confortável derivada do já consumado apuramento para os oitavos, poder-se-ia pensar que o desafio com os bielorrussos do Bate Borisov seria apenas mais um jogo para cumprir calendário. Não o é. Porque aparte o milhão que está em equação, há a questão do prestígio e, ainda mais importante, o primeiro lugar do grupo que é deveras significativo atingir. É que, ainda que já classificado, ficar em primeiro ou em segundo não é a mesma coisa tendo em conta o sorteio que vem a seguir. Mas é evidente que, sendo o Bate claramente a equipa mais fraca do grupo coleccionando goleadas, a possibilidade de vitória portista aumenta exponencialmente.

Em Alvalade, seguindo a lógica e em teoria, o Sporting também tem todas as chances de chegar à vitória ante os eslovenos do Maribor. No primeiro embate em casa do adversário o empate consentido no final do desafio precipitou um vendaval de críticas sobre a zona central da defesa leonina que falhou clamorosamente no lance do golo esloveno. Mas, em termos reais, a diferença de potencial entre as duas equipas é claramente favorável ao conjunto leonino que ainda por cima actua perante o seu público e isso é mais um factor a contribuir para o desequilíbrio e permitir ao Sporting continuar a sonhar acordado com o apuramento.

Finalmente na cidade do Hermitage, teremos o Benfica. O sorteio foi o mais madrasto no conjunto dos clubes portugueses mas quer-nos parecer que a abordagem à prova não terá sido no ínicio porventura a mais eficaz. Isso traduziu-se em duas derrotas consecutivas que tirou desde logo lastro às ambições. O facto de ser um grupo equilibrado e por isso complicado, não justifica por si só a posição que o Benfica ocupa neste momento. A realidade é que caso não consiga evitar um desaire amanhã, passa a ficar numa posição desconfortável na prova e até na transferência para a Liga Europa.

Contudo muita água já correu debaixo das pontes desde que o Benfica registou a sua primeira derrota em casa justamente frente ao adversário de amanhã. Os encarnados subiram de rendimento, o discurso oficial do treinador parece ter registado cambiantes positivas e isso reflectiu-se nos dois últimos jogos de empate e vitória. Por sua vez, o Zenit depois de uma entrada fulgurante nas competições internas e externas tem vindo a registar uma nítida baixa de rendimento bem patente nos resultados.

Como factor adicional contra o Benfica, surge ainda o inverno que parece favorecer os jogadores russos mais habituados a jogar nessas condições adversas, ao mesmo tempo que pode vir a pesar nos jogadores encarnados sobretudo nos sul-americanos. Não é, no entanto, a primeira vez que o Benfica enfrenta esse tipo de provações e, por via disso e da vontade de que dá mostras a equipa, estamos convictos de que mesmo prevendo-se um jogo muito difícil e complicado, o Benfica tem condições para se impor e regressar a Lisboa com os três pontos no bornal. Que assim seja!






Bookmark and Share